Amparada em Vale, Bovespa fecha com leve valorização

quinta-feira, 26 de junho de 2014 18:03 BRT
 

Por Priscila Jordão

SÃO PAULO (Reuters) - A Bovespa fechou com ligeira valorização nesta quinta-feira, ajudada pela recuperação nas ações da mineradora Vale devido ao avanço do preço do minério de ferro na China, o que impediu a bolsa de seguir a trajetória de baixa das ações norte-americanas.

O Ibovespa teve variação positiva de 0,15 por cento, a 53.506 pontos. O giro financeiro do pregão foi de 4,8 bilhões de reais ante média diária no ano de 6,6 bilhões.

As ações da Vale e da holding Bradespar, que tem participação na mineradora, subiram mais de 2 por cento e seguraram a bolsa no azul.

Os preços do minério de ferro no mercado à vista da China, maior destino das exportações da Vale, subiram 1,7 por cento nesta quinta-feira, atingindo o maior patamar em quase um mês, com um maior otimismo sobre a economia do país melhorando as perspectivas para a commodity.

Operadores citaram ainda a notícia de que a Vale começou a oferecer descontos em carregamentos para a China, se juntando a rivais australianas na redução de preços após um aumento global na produção de minério.

"O mercado está possivelmente acreditando numa participação de mercado maior da Vale em função dessa queda de preço", afirmou o analista Luis Gustavo Pereira, da Guide Investimentos. Para ele, o desconto eleva a competitividade da Vale no país, o que se concilia com seus planos de elevar a produção no médio prazo.

Por sua vez, a ação preferencial da Petrobras fechou em leve alta, após sofrer nos últimos pregões com a preocupação com os desembolsos que a estatal terá que fazer para explorar, sob o regime de partilha, o excedente de óleo em quatro áreas sob cessão onerosa, conforme plano anunciado pelo governo federal na terça-feira.

Em relatório, o BTG Pactual afirmou temer que o acordo eleve significativamente o risco de que a Petrobras tenha que recorrer a um aumento de capital em 2015.   Continuação...