Wall St cai por comentários de autoridade do Fed sobre taxa de juros

quinta-feira, 26 de junho de 2014 18:11 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - As ações dos Estados Unidos fecharam em queda nesta quinta-feira, mas longe das mínimas da sessão, após o presidente do Federal Reserve de St. Louis, James Bullard, dizer que a alta na taxa de juros deve ocorrer mais cedo do que o antecipado.

O Dow Jones .DJI caiu 0,13 por cento, para 16.846 pontos, o S&P .SPX caiu 0,12 por cento, para 1.957 pontos e o Nasdaq .IXIC recuou 0,02 por cento, para 4.379 pontos.

Bullard reiterou sua posição de que aumentar os juros até o fim do primeiro trimestre de 2015 será apropriado.

Ele disse ainda que a taxa de desemprego nos EUA cairá abaixo de 6 por cento e a inflação deve voltar a 2 por cento até o fim deste ano, deixando a economia mais perto das condições normais do que a maioria imagina. Ele não tem poder de voto no Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês).

As ações listadas nos EUA do banco britânico Barclays (BARC.L: Cotações) caíram 7,4 por cento após o procurador-geral do Estado de Nova York entrar com um processo por fraude. Ele alega que o banco deu vantagem injusta nos EUA a alguns clientes.

"Estamos em um ponto em que está havendo um pouco de reequilíbrio", disse o estrategista-chefe de mercado da D.A. Davidson, Fred Dickson.

(Reportagem de Caroline Valetkevitch)