Demanda por voos domésticos sobe 4,2% em maio, em 8a alta seguida

sexta-feira, 27 de junho de 2014 18:07 BRT
 

27 Jun (Reuters) - A demanda por transporte aéreo doméstico de passageiros cresceu 4,2 por cento em maio ante o mesmo período do ano passado, marcando o oitavo mês consecutivo de alta, informou a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) nesta sexta-feira.

Desta forma, no acumulado do ano até maio, a demanda tem aumento de 7,8 por cento.

Já a oferta caiu 1,7 por cento na mesma base de comparação, com leve alta de 0,5 por cento nos primeiros cinco meses do ano.

A taxa de aproveitamento das aeronaves em voos domésticos operados por empresas brasileiras, medida pela relação entre demanda e oferta, foi recorde para o mês nos últimos dez anos, chegando a 78,5 por cento.

O indicador registrou melhora de 6 por cento em relação ao mesmo período do ano anterior, disse a Anac.

No mercado internacional, a demanda subiu 2,3 por cento em maio, também recorde para o período. Mas a taxa de crescimento apresentou desaceleração em comparação ao mês anterior, quando registrou aumento anual de 5,7 por cento.

Já a oferta internacional manteve o comportamento de queda dos seis meses anteriores, com redução de 4,5 por cento em maio de 2014.

A taxa de aproveitamento das aeronaves em voos internacionais de passageiros operados por empresas brasileiras alcançou 83 por cento em maio de 2014, ante 77,5 por cento um ano antes, no oitavo mês consecutivo de aumento no indicador, que também atingiu o seu maior nível para o mês de maio nos últimos dez anos.

(Redação Rio de Janeiro)