Confiança da indústria brasileira recua 3,9% em junho, 6ª queda seguida, diz FGV

segunda-feira, 30 de junho de 2014 08:39 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Índice de Confiança da Indústria (ICI) brasileira caiu 3,9 por cento em junho sobre o final de maio, sexta queda consecutiva, de acordo com a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta segunda-feira.

Assim, o indicador passou a 87,2 pontos, sobre 90,7 pontos no mês anterior, quando teve recuo de 5,1 por cento.

O Índice da Situação Atual (ISA) caiu 2,4 por cento, para 90,1 pontos, influenciado principalmente pela avaliação sobre o nível atual de demanda.

O Índice de Expectativas (IE), por sua vez, recuou 5,4 por cento, para 84,4 pontos, com destaque para a previsão de produção.

A FGV informou ainda que o Nível de Utilização da Capacidade Instalada foi a 83,5 por cento em junho, queda de 0,8 ponto percentual sobre maio, atingindo o menor patamar desde novembro de 2011 (83,3 por cento).

"A queda adicional da confiança e a expressiva diminuição do nível de utilização da capacidade no mês sinalizam o aprofundamento do quadro de deterioração do ambiente de negócios que vinha sendo observado ao longo do segundo trimestre. A piora persistente das expectativas, por sua vez, mostra que o empresariado industrial ainda não vê sinais de melhora no curto prazo", destacou a FGV.

A produção industrial brasileira iniciou o segundo trimestre do ano ainda mostrando contração, com recuo de 0,3 por cento em abril.[nL1N0OL13H]

(Por Camila Moreira)