Companhias levantam meio trilhão de dólares com vendas de ações neste ano

segunda-feira, 30 de junho de 2014 11:20 BRT
 

LONDRES (Reuters) - As companhias ao redor do mundo levantaram quase meio trilhão de dólares com a venda de ações até agora em 2014 -- o maior montante para a primeira metade do ano desde 2007, antes do início da crise financeira, mostraram dados nesta segunda-feira.

Empresas têm convergido para emitir papéis graças a máximas recordes nos mercados acionários e a uma baixa volatilidade, enquanto empresas de private equity aproveitaram a oportunidade para vender investimentos feitos antes da crise, capitalizando sobre uma forte demanda de investidores.

O salto na atividade reflete a fome de investidores por rendimentos em um mundo de taxas de juros mínimas, de confiança nos mercados acionários, e o afastamento do foco nas regiões emergentes rumo aos mercados desenvolvidos que são sede de grandes companhias precisando de recursos.

A atividade total global no mercado de ações atingiu 449,1 bilhões de dólares no ano até agora, uma alta de 16 por cento ante o mesmo período de 2013, segundo dados da Thomson Reuters.

E a atividade tem se acelerado -- 254 bilhões de dólares foram levantados no segundo trimestre, uma alta de um terço nos primeiros três meses.

O mercado para ofertas públicas iniciais de ações (IPOs, na sigla em inglês) tem crescido rapidamente, com o montante levantado por companhias ao redor do mundo disparando 60 por cento para 107,2 bilhões de dólares no primeiro semestre, em comparação a um ano atrás.

(Por Freya Berry)