Bovespa fecha pregão estável, mas acumula alta de quase 4% em junho

segunda-feira, 30 de junho de 2014 18:26 BRT
 

Por Priscila Jordão

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da Bovespa fechou estável nesta segunda-feira, mas encerrou o mês, o trimestre e o semestre em alta, beneficiado pelo fluxo de recursos externos e expectativas eleitorais.

Em um cenário de perspectivas ainda fracas para a atividade econômica, a expectativa é de que as pesquisas eleitorais continuem ditando o comportamento da bolsa no mês que vem, enquanto o giro financeiro permanece fraco.

O Ibovespa teve variação positiva de 0,02 por cento nesta segunda-feira, a 53.168 pontos. O giro financeiro do pregão totalizou 5,4 bilhões de reais. O índice avançou 3,76 por cento em junho, 5,46 por cento no trimestre e passou a acumular ganho de 3,22 por cento em 2014.

"Muito disso se deve à liquidez global abundante, conforme investidores buscam maiores retornos fora de países desenvolvidos", disse o economista-chefe do Banco Espírito Santo (BES), Jankiel Santos.

Os dados mais recentes da BM&FBovespa mostram o ingresso líquido de 13 bilhões de reais de recursos externos no acumulado do ano, sendo que 9,6 bilhões de reais apenas no segundo trimestre.

"Nada melhorou aqui em termos do cenário econômico, embora pareça que a tendência para a liquidez continuará por enquanto", disse Santos, do BES.

O movimento de alta no trimestre também foi amparado por expectativas de mudanças na política econômica após as eleições, uma vez que pesquisas apontaram queda nas intenções de voto e da aprovação da presidente Dilma Rousseff, criticada pela intervenção considerada excessiva em estatais.

"Agora o mercado está em compasso de espera por mais pesquisas eleitorais. Quem entrou no mercado está esperando uma novidade para continuar comprando ou para zerar (as posições) que já comprou", disse o economista Hersz Ferman, da Elite Corretora.   Continuação...