Aeroporto de Heathrow em Londres enfrenta caos com bagagens

terça-feira, 1 de julho de 2014 09:15 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O aeroporto de Heathrow em Londres está trabalhando para reunir milhares de malas com seus donos após falhas em computadores em seu principal terminal, levando seu novo presidente-executivo a já assumir seu modo de combate.

O sistema de bagagens caiu no Terminal 5, onde atua a British Airways, na última quinta-feira. Os problemas intermitentes continuaram até domingo, disse o aeroporto, resultando na entrega manual de malas e produzindo enorme acúmulo.

O aeroporto de Heathrow é o mais movimentado do mundo, servindo 191.200 passageiros por dia.

"Nós estamos trabalhando muito, fazendo nosso melhor para entregar as malas aos passageiros. Há algumas milhares que vamos enviar hoje", disse o presidente-executivo do aeroporto, John Holland-Kaye, à BBC Radio.

O problema com bagagens trouxe de volta à memória a abertura desastrosa do Terminal 5 em 2008, quando centenas de voos foram cancelados e milhares de malas foram perdidas.

O Terminal 2, um projeto de 2,5 bilhões de libras (4,25 bilhões de dólares) que foi reaberto na semana passada pela Rainha Elizabeth da Inglaterra, também sofreu problemas menores em seus sistemas de tecnologia.

Duas empresas aéreas, a Thai Airways e a Turkish Airlines, disseram ter adiado a mudança do Terminal 3 para o 2 após o início dos testes do sistema de bagagens ter encontrado falhas.

Os problemas no aeroporto destacam os desafios que Holland-Kaye enfrenta para gerenciar um centro operacional próximo da capacidade plena.

Ele está no processo de pedir permissão para construir uma terceira passarela no aeroporto, que é co-detido pela empresa espanhola Ferrovial e outros parceiras, e que Holland-Kaye diz precisar ficar à frente de rivais como o aeroporto de Paris Charles De Gaulle, ou os aeroportos Schiphol em Amsterdã e Frankfurt.

(Por Paul Sandle)