Ações europeias iniciam mês em alta, puxadas por BNP Paribas

terça-feira, 1 de julho de 2014 14:14 BRT
 

Por Tricia Wright

LONDRES (Reuters) - As bolsas europeias iniciaram o mês em alta, com a ação do banco BNP Paribas subindo após ter fechado acordo sobre sanções nos Estados Unidos e com empresas de mineração avançando puxadas por dados do setor industrial da China, maior consumidor de metais do mundo.

O índice FTSEurofirst 300, que reúne os principais papéis europeus, teve alta de 0,85 por cento, a 1.382 pontos, maior ganho percentual em um dia desde 8 de maio.

O papel do BNP Paribas subiu 3,6 por cento com quase o dobro de volume de negociação da média móvel de 90 dias. A ação havia acumulado perda de cerca de 20 por cento --ou 21 bilhões de dólares do valor de mercado-- desde 13 fevereiro, quando anunciou provisão para a multa.

O banco francês declarou-se culpado de duas acusações criminais e aceitou pagar quase 9 bilhões de dólares para resolver alegações de que violou sanções dos EUA contra Sudão, Cuba e Irã em diversas transações financeiras.

Analistas e investidores disseram que o papel pode recuperar agora o terreno perdido nos últimos meses.

"Já sabíamos o tamanho da multa. A reação tem mais a ver com as declarações extremamente tranquilizadoras do BNP e seus esforços para proteger o dividendo. O banco está mantendo as metas para 2015, então isso deve significar que eles tiveram um bom primeiro semestre", disse o gestor da Montsegur Finance, François Chaulet.

Ações de mineradoras também avançaram, após dados positivos sobre a atividade industrial na China reforçarem sinais de estabilização na economia.

O papel da Rio Tinto figurou entre os maiores ganhos, com alta de 3 por cento, após recuar quase 6 por cento neste ano --abaixo do avanço de 4,8 por cento do setor de mineração como um todo.   Continuação...