July 1, 2014 / 8:59 PM / 3 years ago

Produção de petróleo da Petrobras no Brasil sobe 2,2% em maio

3 Min, DE LEITURA

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A produção média de petróleo da Petrobras no Brasil em maio cresceu 4,4 por cento frente o mesmo mês do ano passado e avançou 2,2 por cento em relação a abril, para 1,975 milhão de barris por dia (bpd), informou a empresa em comunicado nesta terça-feira.

Já produção de gás natural da Petrobras no Brasil, no mesmo período, cresceu 9,6 por cento em relação a maio de 2013 e teve alta de 2,2 por cento frente abril deste ano, para 65,43 milhões de metros cúbicos.

Somando volumes de petróleo e gás natural, a Petrobras produziu, no Brasil, em maio, 2,38 milhões de barris de óleo equivalente (boe) por dia, aumento de 2,2 por cento frente abril.

Contribuíram para o crescimento da produção de maio, segundo a estatal, a entrada em operação de novos poços nas plataformas P-58 (no Parque das Baleias), P-63 (em Papa-Terra), P-55 (em Roncador) e o início da produção da plataforma P-62 (em Roncador), todos na bacia de Campos.

Ainda em maio, a Petrobras informou que o pré-sal foi responsável por uma produção média de 447 mil barris de petróleo por dia, incluindo parcela produzida por parceiros na área, cujo percentual gira em torno de 20 por cento.

Atualmente, a produção do pré-sal gira em torno de 512 mil barris de petróleo por dia, segundo afirmou a presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, nesta terça-feira.

Graça Foster, como prefere ser chamada, participou de cerimônia para comemorar a marca de 500 mil barris de petróleo produzidos por dia com parceiros, no pré-sal, ultrapassada em 24 de junho, dia em que a produção chegou a 520 mil barris.

O pré-sal tem hoje 25 poços produtores, interligados a nove unidades de produção, todas nas bacias de Santos, com 53 por cento da produção do pré-sal, e de Campos, com 47 por cento da produção.

Ainda neste ano, a empresa programa a entrada em operação de duas novas plataformas de petróleo no pré-sal, na bacia de Santos: Cidade de Mangaratiba, em Iracema Sul, e Cidade de Ilhabela, em Sapinhoá Norte. Cada uma dessas plataformas terá capacidade de produzir até 150 mil bpd.

A presidente da República, Dilma Rousseff, e o ministro de Minas e Energia, Edson Lobão, também participaram do evento.

Em meio a críticas de analistas financeiros sobre interferências do governo federal nas decisões e no ambiente de negócios da Petrobras, Dilma Rousseff afirmou durante o evento que "o grande acionista da Petrobras é o povo brasileiro".

Reportagem Marta Nogueira

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below