Produção de petróleo da Rússia cresce em junho; reverte tendência de queda

quarta-feira, 2 de julho de 2014 11:26 BRT
 

MOSCOU (Reuters) - A produção da Rússia de petróleo e gás condensado reverteu uma tendência de queda em junho, subindo 0,2 por cento ante maio, para 10,55 milhões de barris por dia (bpd), impulsionada pela produção de empresas privadas como Lukoil e Bashneft, mostraram dados do ministério da Energia.

A Rússia ainda é o maior produtor mundial de petróleo, atrás da Arábia Saudita que teve uma produção de 9,85 milhões de bpd no mês passado, segundo pesquisa da Reuters.

No entanto, diferente da Arábia Saudita, a Rússia está produzindo perto da capacidade e começou a explorar petróleo não convencional como um substituto para a decrescente produção no oeste da Sibéria, região que ainda responde pela maior parte da produção de petróleo do país.

Em maio, a média russa de produção ficou em 10,53 milhões de bpd, queda ante a máxima da era pós-soviética de 10,63 milhões registrada em dezembro.

Dados do governo mostraram que a petroleira Lukoil e a Bashneft puxaram a alta no mês passado com 1,3 por cento e 1,8 por cento de ganhos respectivamente.

(Por Katya Golubkova)