Oi não foi informada sobre investimentos da Portugal Telecom; tomará medidas

quinta-feira, 3 de julho de 2014 07:36 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A operadora de telecomunicações Oi afirmou nesta quinta-feira que não foi informada pela Portugal Telecom sobre o investimento na dívida da Rio Forte Investiments, acrescentando que tomará medidas para defender seus interesses.

Em fato relevante, a Oi afirmou ter solicitado esclarecimentos adicionais à Portugal Telecom, com a qual está em processo de fusão, sobre a compra de 897 milhões de euros em notas promissórias da Rio Forte, que faz parte do Grupo Espírito Santo.[ID:nL2N0PC0DS]

Segundo a Oi, o investimento da parceira portuguesa foi feito antes da subscrição e integralização do capital da Oi pela Portugal Telecom.

"A Oi não foi informada, nem participou das decisões que levaram à realização das aplicações de recursos em questão", disse a operadora.

A Portugal Telecom, que tem como maior acionista o Banco Espírito Santo (BES), confirmou na semana passada que investiu em notas promissórias da Rioforte, do Grupo Espírito Santo.

A operação não foi bem recebida pelo mercado, com as ações da Portugal Telecom registrando forte queda na terça-feira, e levando junto os papéis da Oi, em meio a preocupações de risco reputacional.

A holding superior da Rioforte, a Espírito Santo International Rioforte, está sendo investigada por irregularidades e tem uma situação de capital fortemente negativa.

(Por Roberta Vilas Boas)