BCE mantém taxas de juros aguardando que estímulos façam efeito

quinta-feira, 3 de julho de 2014 09:00 BRT
 

FRANKFURT (Reuters) - O Banco Central Europeu (BCE) manteve sua principal taxa de juros na mínima recorde de 0,15 por cento nesta quinta-feira, evitando novas medidas de política enquanto aguarda que medidas de estímulo anunciadas no mês passado tenham efeito.

A decisão de deixar os juros inalterados era esperada depois que o BCE as cortou em junho, levando a taxa de depósito para abaixo de zero, lançando uma nova rodada de empréstimos de longo prazo para impulsionar os empréstimos e sinalizando que pode fazer mais caso seja necessário.

Na reunião desta quinta-feira, o BCE manteve a taxa de depósitos overnight em -0,10 por cento, o que significa que bancos estão pagando para deixar seus recursos no banco central, e deixou sua taxa de empréstimos em 0,40 por cento.

Os mercados agora voltam a atenção à coletiva de imprensa do presidente do BCE, Mario Draghi, às 9h30 (horário de Brasília), na qual deve oferecer uma explicação mais detalhada sobre a decisão do BCE.

(Por Eva Taylor)