Economia da zona do euro ainda corre risco e juros permanecerão baixos, diz Draghi

quinta-feira, 3 de julho de 2014 10:33 BRT
 

FRANKFURT (Reuters) - O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, disse nesta quinta-feira que os riscos enfrentados pela economia da zona do euro significam que as taxas de juros vão permanecer baixas por um período prolongado.

"Os riscos em torno da perspectiva econômica para a zona do euro permanecem", disse Draghi em uma coletiva de imprensa depois que o banco central deixou seus juros inalterados.

"Particularmente, riscos geopolíticos, como também acontecimentos em economias de mercados emergentes e mercados financeiros globais podem ter o potencial de afetar negativamente as condições econômicas, inclusive através de efeitos sobre preços de energia e demanda global por produtos da zona do euro", disse ele.

Segundo Draghi, isso significa que as taxas de juros --hoje em mínimas recordes de 0,15 por cento -- não devem mudar.

"A principal taxa de juros do BCE permanecerá nos níveis atuais por um período prolongado de tempo tendo em vista a perspectiva atual para a inflação".

"Além disso, o Conselho Diretor foi unânime em seu compromisso de também usar instrumentos não convencionais dentro de seu mandato, caso seja necessário tratar ainda mais de riscos de um período prolongado de inflação baixa".

(Por Eva Taylor)