BNDES aprova financiamento de R$557 mi para construção de parques eólicos

quinta-feira, 3 de julho de 2014 13:57 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 3 Jul (Reuters) - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou financiamento de 557 milhões de reais para a construção de sete parques eólicos, no Ceará e no Rio Grande do Sul, com capacidade instalada total de 195,6 megawatts (MW), informou o banco de fomento nesta quinta-feira.

Os quatro parques eólicos — Atlântica I, II, III e IV — no Sul terão capacidade de 120 MW e são controlados pela CPFL Renováveis, da CPFL. Eles estão instalados em Palmares do Sul, a 125 quilômetros de Porto Alegre.

Neste caso, o financiamento do BNDES é de 383,7 milhões de reais, ante um investimento total estimado em 488,3 milhões.

As outras três centrais eólicas, com capacidade instalada de 76 MW, estão reunidas no Complexo Amontada, a 168 quilômetros de Fortaleza (CE), e são controladas pela Brise Energias Renováveis, do grupo Queiroz Galvão. O banco de fomento vai fornecer crédito de 173,3 milhões de reais e o investimento total é de 308,5 milhões de reais.

Todos os parques entram em operação este ano, disse o BNDES.

No ano passado, o banco desembolsou 4,3 bilhões para projetos de energia eólica, valor 27 por cento superior ao de 2012 e quase o dobro dos recursos liberados em 2011, de 2,2 bilhões, acrescentou.