Distribuidoras de energia terão que pagar R$1,9 bi este mês

quinta-feira, 3 de julho de 2014 14:02 BRT
 

BRASÍLIA, 3 Jul (Reuters) - As distribuidoras de energia terão que pagar 1,9 bilhão de reais este mês, na liquidação do mercado de curto prazo de maio a ser feita nos próximos dias 10 e 11 de julho, disse nesta quinta-feira o presidente do conselho da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), Luiz Eduardo Barata.

"O preço do mercado de curto prazo ainda estava alto em maio, caiu apenas em junho", disse ele a jornalistas ao explicar o valor que terá de ser pago pelas distribuidoras.

Barata também disse que considerando todas as operações no mercado de curto prazo e pagamentos a serem feitos por outros agentes, a liquidação total a ser feita em julho é de 3,5 bilhões de reais.

Barata disse que, até o momento, não foi procurado pelas distribuidoras para estender o empréstimo de 11,2 bilhões de reais que socorreu as empresas no pagamento das despesas do mercado de curto prazo, mas terminou na liquidação passada.

Ele, porém, disse que sabe da preocupação das distribuidoras e acredita que elas possam estar tratando do assunto diretamente com o governo.

(Por Leonardo Goy)