Ações asiáticas fecham com pouca variação; investidor olha para resultados corporativos

segunda-feira, 7 de julho de 2014 07:43 BRT
 

Por Hideyuki Sano

TÓQUIO (Reuters) - As bolsas asiáticas fecharam contidos nesta segunda-feira depois que os mercados dos Estados Unidos estiveram fechados na sexta-feira, mas continuaram perto de máximas de três anos por otimismo sobre a economia norte-americana, com investidores agora mudando o foco para divulgações de resultados corporativos.

Às 7h37 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão avançava 0,15 por cento, com pouca alteração de sua máxima de sexta-feira, permanecendo perto de seu pico de 2011 após alta de cerca de 7 por cento até agora no ano.

O índice japonês Nikkei caiu 0,37 por cento, da máxima de 5 meses e meio na sexta-feira.

Os preços das ações mundiais tiveram rali na semana passada, com o índice MSCI que reúne ações de todo o mundo atingindo a máxima, uma vez que o crescimento do emprego nos EUA superou em muito as previsões e o desemprego caiu para perto da mínima de 6 anos, de 6,1 por cento.

"Os dados de empregos nos EUA foram inegavelmente fortes, confirmando forte recuperação na economia", disse o estrategista-chefe da Mizuho Asset Management, Tsuyoshi Shimizu.

Os investidores estão agora analisando se os preços recordes de ações serão justificados por divulgações de resultados trimestrais e projeções nos EUA e em outros países, com a fabricante de alumínio Alcoa iniciando a temporada de divulgações na terça-feira.