Joint venture da Peugeot na China eleva meta de vendas para 2014

segunda-feira, 7 de julho de 2014 09:25 BRT
 

XANGAI (Reuters) - A joint venture chinesa da montadora francesa PSA Peugeot Citroën com a Dongfeng Motor Group elevou sua meta de vendas em 2014 em cerca de 50.000 veículos nesta segunda-feira, depois de um forte desempenho de vendas no primeiro semestre.

A Dongfeng Peugeot Citroën Automobile vendeu 343.170 veículos nos primeiros seis meses do ano, um aumento de 24 por cento sobre um ano antes e quase o dobro da taxa de crescimento da indústria, de 12,7 por cento.

"Com base em um forte desempenho no primeiro semestre e em boas perspectivas para o segundo semestre, estamos ajustando a meta para o ano de 650.000 para mais de 700.000 veículos", disse a empresa em um comunicado.

A China, maior mercado de automóveis do mundo, é crucial no plano de recuperação da Peugeot, conforme a montadora busca impulsionar seus negócios na Ásia a fim de reduzir a dependência da Europa, onde as vendas de veículos estão estagnadas.

Em fevereiro, a Peugeot fechou um acordo com Dongfeng e o governo francês como parte de um socorro de 3 bilhões de euros (4,08 bilhões de dólares) que deu à empresa francesa uma necessária injeção de capital e maior acesso à Ásia.

A Dongfeng Peugeot disse que suas três fábricas na China estão em plena capacidade, produzindo 2.600 veículos por dia. Na semana passada, a Dongfeng Peugeot divulgou que irá construir uma quarta fábrica na China, parte dos planos para triplicar vendas anuais até 2020.

(Por Samuel Shen e Adam Jourdan)