Cade aprova compra de Fundo Vale Florestar pela Suzano

segunda-feira, 7 de julho de 2014 10:19 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Superintendência Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a compra do Fundo Vale Florestar pela fabricante de papel e celulose Suzano, segundo despacho no Diário Oficial da União desta segunda-feira.

No início de junho, a Suzano anunciou a aquisição do Fundo Vale Florestar por cerca de 529 milhões de reais, em operação que deve ajudar a companhia a acelerar processo de melhoria de seu perfil de dívida.

O acordo envolve 45 mil hectares de florestas de eucalipto plantadas em áreas arrendadas no Pará e outros 95 mil hectares de mata nativa que até então estavam sob tutela da mineradora Vale.

O fundo é detido pela Vale, além de BNDES Participações e fundos de pensão da Caixa (Funcef) e da Petrobras (Petros).

Em documento enviado ao Cade, a Suzano ressaltou que a operação não implica concentração, já que não possui florestas no Pará e o mercado de florestas tem sido usualmente definido como estadual pelo Cade.

(Por Roberta Vilas Boas; Edição de Marcela Ayres)