China assina acordo para comprar 123 helicópteros da Airbus

segunda-feira, 7 de julho de 2014 17:34 BRT
 

PEQUIM/PARIS, 7 Jul (Reuters) - A divisão de helicópteros do grupo Airbus selou um negócio de 600 milhões de dólares nesta segunda-feira para a venda de 123 helicópteros para companhias chinesas durante a visita da chanceler Angela Merkel.

Os pedidos estão sendo realizados por três provedores de serviços de aviação geral chineses, disse a companhia.

O negócio está entre os maiores desde que a China recentemente reduziu restrições de voos de baixa altitude em seu espaço aéreo controlado por militares.

O alívio nos controles alimentou projeções de um forte aumento de pedidos para preencher uma lacuna em um dos mercados mais inexplorados do mundo para helicópteros e aviação geral.

"Nós acreditamos que estes primeiros contratos consideráveis são sinais de que este mercado está começando a decolar", disse o presidente-executivo da Airbus Helicopters, Guillaume Faury.

"Hoje há 350 helicópteros civis voando na China. Na Europa há 10 mil e nos Estados Unidos, 12 mil. O mercado potencial para helicópteros na China é enorme", acrescentou.

A China atualmente compra cerca de 50 helicópteros por ano ante um mercado anual global de 800 helicópteros civis, de acordo com estimativas da Airbus Helicopters, formalmente conhecida como Eurocopter.

Até 2020, a expectativa é de que suas compras quadrupliquem para 200 ao ano e até lá, em vez de 6 a 7 por cento do mercado global, é esperado que alcance 20 por cento da demanda, disse Faury.

(Por Andreas Rinke e Fang Yan em Pequim)