Bovespa fecha em queda em semana esvaziada por Copa e feriado em SP

segunda-feira, 7 de julho de 2014 17:52 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da Bovespa encerrou a segunda-feira em queda, com baixo volume de negócios e realizando parte de lucros obtidos na semana passada, em uma semana curta marcada por jogo do Brasil na terça-feira e feriado em São Paulo na quarta-feira.

O Ibovespa .BVSP fechou em queda de 0,47 por cento, a 53.801 pontos, com volume de 3,9 bilhões de reais, após ajustes finais, ante média diária neste ano de cerca de 5,5 bilhões. Na semana passada, o Ibovespa acumulou alta de 1,7 por cento, quando foi influenciado por dados fortes de emprego nos Estados Unidos.

"O que está acontecendo é falta de perspectiva de curto prazo. A liquidez está muito baixa, amanhã tem meio pregão e quarta-feira é feriado, o que não anima muita coisa", disse Luiz Roberto Monteiro, operador da mesa institucional da corretora Renascença. "Mercado só melhora atualmente em função de pesquisa eleitoral", acrescentou.

Nesta segunda-feira, o índice foi pressionado pelas ações de Vale (VALE5.SA: Cotações) e Petrobras (PETR4.SA: Cotações). A estatal divulgou no sábado comunicado afirmando que a possível interrupção de contratos em vigor com a SBM Offshore (SBMO.AS: Cotações) poderia ter impacto de 15 bilhões de dólares no lucro líquido no período de 2014 a 2018.[ID:nL2N0PI06M]

Também pesaram papéis da companhia de bebidas Ambev ABEV3.SA e do Bradesco BBDC4.SA.

A piora nas projeções da pesquisa Focus do Banco Central para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do país este ano, não chegou a fazer muita diferença no mercado. [ID:nL2N0PI0A7]

Investidores estão sob expectativa da divulgação da ata do Fomc (Comitê Federal de Mercado Aberto dos Estados Unidos) na próxima quarta-feira e do início da temporada de resultados trimestrais de empresas a partir da próxima semana.

"É difícil o mercado ditar agora alguma tendência ou assumir riscos excessivos. O mercado vai continuar monitorando indicadores lá fora, ficar no aguardo da temporada de balanços e ata do Fomc", disse Ricardo Zeno, sócio diretor da corretora AZ Investimentos.

"Mercado continua lateralizado e com volume abaixo da média. Depois do final da Copa, pode ser que o mercado aqueça um pouco mais", acrescentou Zeno.   Continuação...