Economia da França cresce 0,2% no 2º trimestre e déficit comercial sobe

terça-feira, 8 de julho de 2014 08:02 BRT
 

PARIS (Reuters) - A economia da França cresceu apenas 0,2 por cento no segundo trimestre, depois de ficar estagnada nos primeiros três meses do ano, informou o banco central do país nesta terça-feira, enquanto o déficit comercial aumentou em maio em relação ao mês anterior.

A recuperação da França está mais lenta que a de outros países da zona do euro, com dados econômicos mostrando que a segunda maior economia da região não consegue decolar.

O presidente da França, François Hollande, tem procurado estimular o crescimento e a contratação por meio de cortes de impostos na folha de pagamento para tornar as empresas mais competitivas, mas os efeitos ainda não vieram.

A estimativa de crescimento divulgada pela Banco da França ficou inalterada em relação à projeção anterior, que também via crescimento entre abril a junho em 0,2 por cento.

Ressaltando a defasagem em relação a economia da Alemanha, que tem elevado superávit em conta corrente, o déficit comercial da França ampliou em maio para 4,9 bilhões de euros, ante 4,1 bilhões de euros no mês anterior, mostrou a agência aduaneira do país.

O fraco início de ano pode frustrar a previsão do governo para o crescimento de 1 por cento em 2014, número no qual construiu seu orçamento.