China reduz tarifas antidumping sobre frango dos EUA

terça-feira, 8 de julho de 2014 10:10 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - A China irá reduzir as tarifas antidumping dos produtos de frango dos Estados Unidos a partir de quarta-feira, após a Organização Mundial do Comércio (OMC) chegar a uma decisão no ano passado sobre uma disputa entre os dois países que durava quarto anos, disse o ministério do Comércio nesta terça-feira.

A China irá reduzir as taxas antidumping para uma faixa entre 46,6 e 73,8 por cento nas importações de fornecedores dos Estados Unidos, como Tyson Foods e Pilgrim's Pride, que é uma divisão da brasileira JBS.

A China também irá reduzir as tarifas contra subsídios para 4 a 4,2 por cento sobre os produtores de frango dos EUA, disse o ministério.

Os impostos antidumping e contra subsídios chegavam a 105,4 por cento e 30,3 por cento, respectivamente.

A decisão ocorreu depois de um novo exame da questão pelo governo chinês, após a OMC decidir no ano passado contra Pequim em uma disputa com os EUA.

As exportações de frango dos EUA para a China caíram 90 por cento nos últimos quatro anos, causando prejuízo estimado de 1 bilhão de dólares, depois que a nação asiática impôs as elevadas tarifas antidumping em 2010.

(Por Aileen Wang e Koh Gui Qing)