AB InBev vê oportunidades de expansão na Ásia, descarta investida na África

sexta-feira, 11 de julho de 2014 14:43 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Anheuser-Busch InBev vê no mercado asiático uma excelente via de expansão para seus negócios nos próximos anos, disse o presidente-executivo da maior fabricante de cervejas do mundo, Carlos Brito.

Segundo o executivo brasileiro, o continente conta com populações numerosas, com poder aquisitivo crescente e oportunidades de negócio ainda não exploradas pelo segmento de cervejas e bebidas.

"Na Ásia tem muito a se fazer, oportunidades com retorno interessante", afirmou Brito nesta sexta-feira, em evento da Agência Rio Negócios.

Atualmente, a empresa já conta com forte posicionamento no mercado chinês, onde possui 40 fábricas e 35 mil funcionários, segundo Brito.

Ele acrescentou que a companhia está entre as cinco maiores cervejarias da China, sendo a única sem ligação ou participação do governo chinês.

Brito destacou que a empresa já tem negócios com potencial de crescimento em mercados como Vietnã, Índia, Hong Kong, Japão e Austrália.

Em meio a rumores de que a AB InBev estaria interessada na aquisição da rival SabMiller, o que aumentaria sua presença na Ásia e África, Brito descartou uma investida no continente africano.

Segundo ele, trata-se de um mercado pequeno, já dominado por cervejarias locais e com o consumo concentrado em poucos países.

"São 55 países, cinco a seis deles representam 80 por cento do negócio. Há países islâmicos também, onde não poderíamos vender nada", disse.   Continuação...