Lançamentos da Cyrela recuam 49,5% no 2o trimestre, a R$890,2 mi

segunda-feira, 14 de julho de 2014 19:32 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Os lançamentos da Cyrela Brazil Realty recuaram 49,5 por cento no segundo trimestre ante mesma etapa de 2013, a 890,2 milhões de reais, informou a companhia nesta segunda-feira.

Entre janeiro e março, os lançamentos da incorporadora tinham dobrado na comparação anual, no sentido contrário da maioria das companhias do setor listadas em bolsa, cujos lançamentos recuaram no período.

Assim, apesar do recuo no trimestre, a companhia teve um crescimento de 3,2 por cento nos lançamentos entre janeiro e junho, que encerraram o semestre em 2,805 bilhões de reais, incluindo a participação de sócios da Cyrela.

Assim como no primeiro trimestre, a companhia não realizou lançamentos entre abril e junho, de empreendimentos do programa habitacional do governo federal Minha Casa Minha Vida Faixa 1, que, realizados por meio da joint venture com a Cury, somaram 203 milhões de reais entre janeiro e março de 2013 e 492 milhões de reais no segundo trimestre do ano passado.

Já as vendas contratadas da incorporadora diminuíram 42,3 por cento na mesma base de comparação e encerraram o trimestre em 1,26 bilhão de reais, também considerando a fatia dos sócios.

No ano as vendas somaram 2,8 bilhões, recuo anual de 20,7 por cento. Excluindo o Minha Casa Minha Vida Faixa 1, as vendas do trimestre foram 25,6 por cento inferiores na comparação anual, e 1,4 por cento menores na comparação semestral.

No segundo trimestre, as vendas de lançamentos do período atingiram 298 milhões de reais, ante 1,098 bilhão de reais um ano antes.

A venda de estoques entre abril e junho foi de 960 milhões de reais, ante 1,083 mi um ano antes.

A Cyrela tinha fechado o primeiro trimestre com estoque (todas as unidades disponíveis para venda, inclusive as lançadas no período) a valor de mercado de 7,187 bilhões de reais, ante 6,704 bilhões do quarto trimestre do ano passado.

(Por Juliana Schincariol)