IGP-10 reduz queda a 0,56% em julho com deflação menor no atacado

quarta-feira, 16 de julho de 2014 08:36 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Índice Geral de Preços-10 (IGP-10) caiu 0,56 por cento em julho, depois de recuar 0,67 por cento no mês anterior, diante de uma deflação menor no atacado, de acordo com dados divulgados nesta quarta-feira pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

O Índice de Preços ao Produtor Amplo-10 (IPA-10), que mede a variação dos preços no atacado e responde por 60 por cento do índice geral, caiu 1,03 por cento, após ter recuado 1,41 por cento em junho.

Já o Índice de Preços ao Consumidor-10 (IPC-10), que responde por 30 por cento do índice geral, avançou 0,24 por cento, desacelerando ante a alta de 0,39 por cento em junho.

Por sua vez, o Índice Nacional de Custo da Construção-10 (INCC-10) subiu 0,58 por cento, contra 1,78 por cento na apuração anterior.

Em meio a um cenário de inflação elevada no país mas ao mesmo tempo de atividade econômica a passos lentos, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decide sobre a taxa básica de juros nesta quarta-feira.

Pesquisa da Reuters mostrou que todos os 60 economistas consultados esperam que o BC mantenha a Selic nos atuais 11 por cento. Mas as atenções irão voltar-se para o comunicado da decisão, em busca de sinais sobre os próximos passos.[nL2N0PM0JN]

O IGP-10 calcula os preços entre os dias 11 do mês anterior e 10 do mês de referência.

(Por Camila Moreira)