Time Warner recusa proposta de compra da 21st Century Fox, de Murdoch

quarta-feira, 16 de julho de 2014 14:16 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - A 21st Century Fox, do magnata Rupert Murdoch, disse nesta quarta-feira que fez uma oferta de compra pela Time Warner, em um movimento que uniria dois dos conglomerados de mídia mais poderosos do mundo, mas a Time Warner rejeitou a proposta.

As ações da Time Warner chegaram a subir mais de 17 por cento na Bolsa de Nova York depois de notícias de que Murdoch estava de olho na compahia, dona do estúdio Warner Bros e canais de TV a cabo como HBO e CNN, entre outros ativos de mídia.

A proposta da Murdoch, em dinheiro e ações, era avaliada em 80 bilhões de dólares, ou 85 dólares por ação, disseram à Reuters pessoas familiarizadas com o assunto mais cedo nesta quarta-feira. Sessenta por cento da oferta, inicialmente noticiada pelo jornal The New York Times, consistia em ações e o restante em dinheiro.

A 21st Century Fox confirmou mais tarde que realizou uma proposta formal de compra em junho mas disse que não há negociações ocorrendo atualmente.

Ainda assim, Murdoch e seus consultores não devem abandonar sua ambição de colocar a Time Warner em seu império tão facilmente, disse uma das pessoas, apontando que ele tem "determinação disciplinada" para fechar o negócio.

A investida da 21st Century Fox sobre a Time Warner poderia acelerar uma onda de consolidações que já está mudando o cenário da mídia dos Estados Unidos.

A Reuters informou neste mês que Murdoch estava no meio de um acordo que daria à 21st Century Fox o poder de fogo para comprar uma companhia de produção de conteúdo.

(Por Soyoung Kim e Liana Baker)