Caixa Econômica Federal emite US$500 mi e amplia capacidade de empréstimo em R$10 bi

quarta-feira, 16 de julho de 2014 19:07 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - A Caixa Econômica Federal emitiu nesta quarta-feira 500 milhões de dólares em bônus classificados como de capital Nível 2 pelas regras de Basileia 3, operação que deve ampliar a capacidade de empréstimos do banco estatal em cerca de 10 bilhões de reais.

"Deve melhorar o nosso índice de Basileia em 0,25 ponto, aumentando nossa capacidade de empréstimos em 10 bilhões de reais", disse à Reuters o vice-presidente de Finanças da Caixa, por telefone, logo após a precificação do negócio.

Os papéis, vendidos pelo valor de face, com retorno ao investidor de 7,25 por cento, têm vencimento de 10 anos, podendo ser resgatados a partir de cinco anos. O rendimento ficou abaixo do teto originalmente oferecido de 7,5 por cento.

O cupom de 7,25 por cento será revisto após cinco anos para o rendimento corrente dos títulos do Tesouro dos Estados Unidos de cinco anos mais o spread inicial, de 555,1 pontos básicos.

Segundo o executivo, a demanda dos investidores atingiu 2 bilhões de dólares, com ordens partindo dos Estados Unidos, Ásia, Europa e América Latina.

Segundo operadores do mercado de dívida corporativa internacional, após a operação ter sido precificada, os papéis eram negociados no mercado secundário com desconto de cerca de 30 centavos sobre o valor de face. Os coordenadores da operação são BB Securities, BTG Pactual, Bradesco BBI, Bank of America Merrill Lynch, Deutsche Bank e HSBC.

(Reportagem de Aluísio Alves, com reportagem adicional de Guillermo Parra-Bernal)