Produção de níquel da Anglo American no Brasil cresce 25% no 2ºtri

quinta-feira, 17 de julho de 2014 17:42 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A mineradora Anglo American produziu 10,6 mil toneladas de níquel no Brasil no segundo trimestre do ano, alta de 25 por cento frente ao mesmo período de 2013, informou a mineradora nesta quinta-feira.

Segundo a empresa, o avanço foi impulsionado por uma melhoria da estabilidade operacional em Barro Alto (GO), que produziu 8,6 mil toneladas, alta de 41 por cento na mesma comparação.

Já a planta localizada em Niquelândia (GO) produziu 2 mil toneladas de níquel no segundo trimestre, queda de 17 por cento em relação ao mesmo período do ano passado, principalmente devido a uma parada anual de manutenção.

No negócio fosfatos, a Anglo American produziu 275,7 mil toneladas de fertilizantes nas plantas de Catalão (GO) e Cubatão (SP), queda de 8 por cento ante ao mesmo período de 2013.

A diminuição aconteceu devido ao prolongamento de uma parada programada para manutenção e outras paradas de manutenção corretiva, restrições de processamento de alguns produtos em Catalão, mudanças no mix de produtos refletindo a demanda de mercado e condições meteorológicas que causaram problemas de abastecimento de energia em Cubatão.

No Brasil, a multinacional Anglo American tem operações de níquel, nióbio e fosfatos.

Em nível global, a Anglo divulgou mais cedo uma forte queda na produção trimestral de platina, devido uma greve de cinco meses em suas minas na África do Sul, ofuscando a produção mais alta de cobre e minério de ferro.

(Por Marta Nogueira)