Tempo seco ajuda e plantio de trigo no RS avança para 93% da área

quinta-feira, 17 de julho de 2014 18:53 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O plantio de trigo no Rio Grande do Sul avançou 14 pontos percentuais na última semana e já alcança 93 por cento da área planejada, favorecido por um tempo, disse nesta quinta-feira a Emater/RS, entidade de assistência rural do governo gaúcho.

O índice está perto da média histórica para esta época do ano.

O Rio Grande do Sul será o segundo principal produtor de trigo do Brasil em 2014, atrás apenas do Paraná. A safra do país está projetada pelo Ministério da Agricultura em um recorde de 7,4 milhões de toneladas.

"Algumas lavouras ainda se ressentem das pesadas chuvas ocorridas em fins de junho que causaram problemas de germinação e mesmo de erosão", disse a Emater, em relatório semanal.

Em muitas das lavouras afetadas, as falhas não são concentradas, o que inviabiliza o replantio, disse a entidade, ressaltando que isso forçará os produtores a repor parte dos fertilizantes, ocasionando elevação dos custos de produção.

Levantamento realizado pela Emater após as chuvas, principalmente no norte do Rio Grande do Sul, indica que cerca de 174,5 mil hectares (ou 15 por cento do total previsto para este ano) foram prejudicados.

A Emater disse que as consequências das chuvas para a produtividade das lavouras ainda não podem ser quantificadas porque a cultura está em estágio inicial, podendo haver recuperação.

(Por Gustavo Bonato)