Electrolux tem lucro melhor que o previsto, vê recuperação europeia

sexta-feira, 18 de julho de 2014 09:08 BRT
 

ESTOCOLMO (Reuters) - A Electrolux, segunda maior fabricante de eletrodomésticos do mundo, disse que a recuperação na Europa permanece no trilho, após divulgar lucro levemente melhor que o esperado no segundo trimestre e manter suas expectativas de crescimento em seu mercado doméstico e nos Estados Unidos.

Depois de anos difíceis na Europa, que responde por cerca de um terço das vendas de eletrodomésticos da Electrolux, a demanda começou a recuperar-se no início deste ano, enquanto cortes de custos e um foco em produtos premium também começaram a alimentar ganhos.

"Um impacto positivo do programa de redução de custos em curso na Europa, combinado com um melhor mix de produtos em áreas como produtos de cozinha, levaram a uma melhora significativa no nosso lucro operacional na região EMEA (Europa, Oriente Médio e África)", disse o presidente-executivo Keith McLoughlin em um comunicado.

Mas a recuperação na Europa continua sendo desigual, com crescimento maior nos países ibéricos e na Grã-Bretanha no segundo trimestre, enquanto um aumento mais fraco foi visto na França e nos países nórdicos.

A Electrolux também viu uma desaceleração continuada na América Latina e disse que cortou custos e elevou preços durante o período para compensar a pressão.

A empresa sueca afirmou que o lucro operacional ajustado subiu para 1,17 bilhão de coroas (171,17 milhões de dólares) em comparação com 1,04 bilhão de coroas um ano antes, ficando acima das expectativas de 1,07 bilhão em uma pesquisa da Reuters com analistas.

(Por Simon Johnson)