Blackrock vê perspectiva de maior risco para grandes mercados emergentes

sexta-feira, 18 de julho de 2014 10:54 BRT
 

LONDRES (Reuters) - Instabilidade política e pior perspectiva econômica significam que grandes mercados emergentes como o Brasil, a Argentina e a Rússia são lugares mais arriscados para se investir, segundo um índice acompanhado de perto pelo mercado.

De acordo com Índice de Risco Soberano da gestora de recursos Blackrock, os três meses encerrados em junho favoreceram mercados desenvolvidos como a Bélgica e a Grã-Bretanha, que subiram na classificação, enquanto importantes mercados emergentes caíram.

O Brasil perdeu quatro posições, ficando em trigésimo primeiro entre 50 países no índice trimestral, queda que foi atribuída pela Blackrock aos níveis crescentes de endividamento no curto prazo.

A Rússia recuou três colocações para o vigésimo quarto lugar, por "uma queda na percepção de eficácia do governo" e uma piora nas perspectivas econômicas.

A Argentina, presa em uma disputa com investidores que se recusaram a aceitar a reestruturação da dívida, caiu uma colocação para o quadragésimo quinto lugar ante o trimestre anterior.

O índice é composto de um grupo de medidas quantitativas, como relação entre dívida e Produto Interno Bruto (PIB) e receitas tributárias, além de avaliações qualitativas como a percepção de eficácia e a estabilidade dos governos.

(Por Chris Vellacott)