Lucro da GE sobe 13%, espera IPO de unidade financeira para o fim de julho

sexta-feira, 18 de julho de 2014 10:55 BRT
 

(Reuters) - A General Electric divulgou nesta sexta-feira um salto de 13 por cento no lucro líquido trimestral por vendas melhores de seus motores de jatos e equipamento para petróleo e gás, e disse que tem como meta realizar a oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) de seu negócio de cartão de crédito de bandeira privada no final do mês.

O conglomerado norte-americano tem planejado um IPO parcial do negócio norte-americano de finanças de varejo, a ser chamado de Synchrony Financial, como parte de um plano de sair do negócio e enxugar sua unidade GE Capital.

A GE espera que uma oferta de 15 por cento valha cerca de 3,1 bilhões de dólares na média do IPO, segundo uma apresentação da companhia. A empresa planeja reter cerca de 17 bilhões de dólares do negócio, com uma cisão total prevista para perto do final do ano que vem.

A cisão é uma parte crucial do plano do presidente-executivo Jeff Immelt para elevar a contribuição dos negócios industriais no lucro da GE para 75 por cento até 2016, ante 55 por cento no ano passado. Buscando este objetivo, a GE acertou no mês passado a compra dos ativos de turbinas elétricas, e outros ativos de energia, da francesa Alstom por 16,9 bilhões de dólares, no maior acordo de sua história.

O lucro líquido da GE no segundo trimestre subiu para 3,55 bilhões de dólares, ou 0,35 dólar por ação, ante 3,13 bilhões de dólares, ou 0,30 dólar por papel, um ano antes.

Excluindo itens, o lucro operacional de 0,39 dólar por ação ficou em linha com a estimativa média de analistas, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

A receita subiu 3,4 por cento para 36,23 bilhões de dólares, pouco abaixo dos 36,3 bilhões de dólares esperados por analistas.

(Por Lewis Krauskopf)