Preocupação com Ucrânia ofusca balanços e ações europeias ficam estáveis

sexta-feira, 18 de julho de 2014 14:02 BRT
 

Por Francesco Canepa

LONDRES (Reuters) - As bolsas europeias fecharam praticamente estáveis nesta sexta-feira, com a perspectiva de maiores tensões entre a Rússia e o Ocidente limitando o apetite por risco e ofuscando balanços corporativos positivos na Suécia.

O índice FTSEurofirst 300, que reúne os principais papéis do continente, teve variação negativa de 0,01 por cento, a 1.363 pontos, com a recuperação em Wall Street ajudando o índice a anular boa parte das perdas da sessão no fim do dia.

Investidores relutaram em abrir novas posições compradas após um avião de passageiros ser abatido na Ucrânia na quinta-feira, diante de temores de que a situação se deteriore no fim de semana.

Mas a pressão de vendas perdeu força e a volatilidade caiu durante o dia. Os mercados interpretaram que a queda do jato malaio com 298 pessoas à bordo intensifica a pressão internacional para resolver a pior crise entre a Rússia e o Ocidente desde a Guerra Fria.

Conflitos entre o Exército e separatistas pró-Rússia mataram centenas na Ucrânia desde que protestos derrubaram o presidente apoiado por Moscou em fevereiro e a Rússia anexou a Crimeia.

"É tão sério que talvez, agora, as pessoas se retirem do conflito", disse o operador sênior de vendas do Peregrine & Black Markus Huber.

Por outro lado, o mercado foi amparado por balanços corporativos fortes na Suécia, com a fabricante de equipamentos para telecomunicações Ericsson, a empresa de eletrodomésticos Electrolux e o Swedbank divulgando resultados melhores que o esperado.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,17 por cento, a 6.749 pontos.   Continuação...