Embarques de soja do Brasil seguem acelerados; venda de milho fica aquém de 2013

segunda-feira, 21 de julho de 2014 16:46 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - Os embarques brasileiros de soja, principal produto da pauta de exportações agrícolas do país, recuaram um pouco em julho após recorde em abril, mas seguem acima do registrado um ano atrás, mostraram dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) nesta segunda-feira.

As exportações de milho, por sua vez, ainda não conseguiram ganhar ritmo, com um volume embarcado até o momento neste mês insuficiente para encher dois navios.

O ritmo diário de embarque de soja ficou em 271 mil toneladas por dia nas três primeiras semanas de julho, contra 345 mil toneladas/dia em junho e 246 mil toneladas/dia em junho de 2013.

O ano de 2014 vem sendo de embarques recordes de soja no Brasil, após a maior safra da história do país, colhida no primeiro semestre.

Em abril, por exemplo, foram embarcados pela primeira vez mais de 8 milhões de toneladas da oleaginosa.

MILHO

Já o milho, que registrou pesados embarques no segundo semestre de 2013, não consegue repetir o bom desempenho até o momento.

O ritmo de exportações está em 7,5 mil toneladas/dia, ante 4,4 mil toneladas/dia em junho, mas 76 por cento abaixo do volume verificado em julho de 2013 (32 mil toneladas/dia).   Continuação...