Norsk Hydro vê melhor perspectiva para alumínio em anos

terça-feira, 22 de julho de 2014 10:32 BRT
 

OSLO (Reuters) - O mercado global de alumínio está em sua melhor forma desde a crise financeira de 2008-2009 e o preço do metal leve pode subir mais neste trimestre, disse a Norsk Hydro NHY.OL, uma das principais fabricantes mundiais.

A companhia, uma das maiores companhias industriais da Noruega e também uma grande produtora de energia hidrelétrica, foi afetada anteriormente por profunda crise global no setor de alumínio, mas suas ações tiveram um salto neste ano puxadas por preços crescentes para o metal.

Divulgando resultados do segundo trimestre que ficaram abaixo das expectativas em suas unidades exceto a de alumínio primário, sua maior divisão envolvida em fundição, o presidente-executivo da Hydro, Svein Richard Brandtzaeg, disse esperar que a demanda global para alumínio exceda a produção em 2014 após seis anos de excesso de oferta.

Brandtzaeg disse que o mercado está sendo sustentado por medidas em algumas indústrias-chave, como as montadoras de automóveis, para o uso de mais alumínio em vez de aço e cobre.

"O mercado está se tornando mais apertado e há um déficit de alumínio no mercado for a da China", disse Brandtzaeg, que deve sair da Hydro nos próximos seis meses para chefiar a fabricante de fertilizantes Yara (YAR.OL: Cotações).

"Vemos os preços do metal... se movendo (para cima), temos prêmios para lingotes padrões em máximas recordes e também prêmios recordes para produtos de metal", disse Brandtzaeg, que chefia a Hydro desde 2009.

O lucro operacional da Hydro no segundo trimestre subiu para 544 milhões de coroas (87,8 milhões de dólares) em comparação a 520 milhões de coroas um ano antes, mas ficou abaixo de uma previsão média de 698 milhões de coroas em uma pesquisa da Reuters com analistas.