DuPont não vê trégua nas fracas vendas na divisão agrícola no 3ºtri

terça-feira, 22 de julho de 2014 14:23 BRT
 

(Reuters) - A DuPont, segunda maior fabricante de sementes do mundo, informou que sua divisão de agricultura não vai melhorar no trimestre atual, uma vez que luta para lidar com a preferência dos agricultores pela soja em vez do milho, base de seu negócio. A empresa disse esperar que a unidade de agricultura tenha "prejuízo no terceiro trimestre semelhante ao do ano anterior", que foi o último trimestre em que a unidade teve perdas. A baixa demanda por sementes de milho, que representaram cerca de metade das vendas agrícolas da DuPont em 2013, levou à receita mais fraca que o esperado no segundo trimestre encerrado em 30 de junho. "Se a dinâmica de fornecimento atual persistir e a área plantada com milho permanecer sob pressão, ela vai moderar as taxas de crescimento de curto prazo para o segmento de agricultura, particularmente em nosso negócio de sementes", disse James Borel, que supervisiona o negócio agrícola da DuPont, em conferência para comentar os resultados.

O lucro operacional da companhia no segundo trimestre na unidade agrícola caiu 11 por cento para 836 milhões de dólares. A DuPont disse que espera para o terceiro trimestre uma perda "similar" à de 62 milhões de dólares registrada na divisão agrícola no mesmo período do ano anterior.

O trimestre de julho a setembro é sazonalmente mais fraco para os fabricantes de sementes, sendo a temporada da colheita no hemisfério norte e uma época em que o plantio do hemisfério sul ainda não começou.

Nesta terça-feira, a DuPont elevou seu dividendo trimestral em 0,02 dólar, para 0,47 dólar por ação.

O lucro operacional do segundo trimestre foi de 1,17 dólar por ação, em linha com a estimativa média de analistas. As vendas líquidas caíram cerca de 1 por cento, para 9,71 bilhões de dólares, abaixo da previsão média de analistas de 9,79 bilhões de dólares.

(Por Swetha Gopinath e Kanika Sikka)