BC britânico avalia prós e contras de elevar os juros de forma antecipada

quarta-feira, 23 de julho de 2014 07:24 BRT
 

LONDRES (Reuters) - Autoridades do banco central britânico discutiram neste mês se é o caso de uma elevação antecipada da taxa de juros, mas existem preocupações sobre afetar a recuperação, de acordo com a ata da reunião de política monetária divulgada nesta quarta-feira.

Os nove membros do Comitê de Política Monetária votaram de forma unânime para manter a taxa de juros, como esperado por economistas em pesquisa da Reuters.

As autoridades concordaram que a recuperação parecia mais garantida, embora haja sinais de uma ligeira desaceleração que havia sido prevista para a segunda metade do ano.

O presidente do BC, Mark Carney, afirmou na semana passada que não sabia quando exatamente as taxas de juros começariam a subir pela primeira vez desde 2007, já que isso dependeria da força dos dados econômicos, mas reiterou que o ritmo das altas será gradual.

Essa opinião foi compartilhada de forma mais ampla na ata.

A economia britânica está crescendo rapidamente e números a serem divulgados esta semana devem mostrar crescimento trimestral de 0,8 por cento no segundo trimestre deste ano, levando o Produto Interno Bruto acima de nível pré-crise de 2008 pela primeira vez.

(Reportagem de David Milliken e William Schomberg)