Daimler tem lucro maior no 2º tri impulsionado por novos modelos

quarta-feira, 23 de julho de 2014 08:45 BRT
 

FRANKFURT (Reuters) - A alemã Daimler divulgou um crescimento de 12 por cento no lucro operacional do segundo trimestre, impulsionado pela unidade de carros de luxo Mercedes, cujos novos modelos Classe C e Classe E ajudaram o grupo a aumentar margens.

A montadora disse que o lucro do grupo antes de juros e impostos (Ebit) com operações contínuas subiu para 2,46 bilhões de euros (3,3 bilhões de dólares), ante 2,19 bilhões nos três meses encerrados em junho. A estimativa média de analistas previa Ebit de 2,38 bilhões de euros.

A lucratividade cresceu nas divisões de carros da Mercedes-Benz, e de ônibus e caminhões da Daimler, disse a companhia, acrescentando que está buscando modos de cortar custos em meio a fraquezas em mercados emergentes como o Brasil e vendas estáveis na Alemanha.

"Estamos continuamente buscando modos de melhorar nossa eficiência estrutural", disse o presidente-executivo, Dieter Zetsche, a jornalistas durante uma teleconferência. Ele evitou comentar sobre o tamanho das potenciais economias de custos.

A volatilidade cambial, principalmente relacionada a mercados emergentes, cortou 260 milhões de euros do lucro da Daimler durante o trimestre.

O Ebit da Mercedes-Benz Cars saltou 35 por cento, e seu retorno sobre vendas -- muito observado como uma mensuração de desempenho comparado às rivais Audi e BMW -- subiu para 7,9 por cento ante 6,4 no mesmo período do ano anterior. Porém, o indicador ainda está muito abaixo da meta da empresa de 10 por cento.

Entre janeiro e junho, as vendas globais de carros de luxo da Mercedes-Benz cresceram 12,8 por cento, para 783.520 unidades, o maior número de vendas no primeiro semestre da história da empresa, colocando a companhia em rumo de registrar vendas recordes no ano.