Entregas maiores de jatos comerciais impulsionam lucro da Boeing

quarta-feira, 23 de julho de 2014 10:05 BRT
 

(Reuters) - A Boeing teve alta de 52 por cento no lucro trimestral, puxado por aumento nas entregas de aeronaves comerciais e elevou sua previsão de lucro para o ano inteiro.

As entregas de aeronaves comerciais cresceram 7 por cento para 181 unidades, incluindo 30 jatos de nova geração Dreamliner, no segundo trimestre encerrado em 30 de junho.

A capacidade da Boeing fabricar o Dreamliner, que foi impactada por problemas nas baterias de íon de lítio da aeronave, é crucial para o desempenho financeiro da companhia neste ano, uma vez que a empresa depende dos jatos comerciais para compensar fraqueza no setor de defesa.

A fabricante de aviões entregou seu primeiro Dreamliner 787-9 alongado no trimestre passado.

O lucro líquido da Boeing subiu para 1,65 bilhão de dólares, ou 2,24 dólares por ação, ante 1,09 bilhão, ou 1,41 dólar por papel, um ano antes.

O lucro principal, que exclui algumas pensões e outros custos, cresceu para 2,42 dólares por ação ante 1,67 dólar por papel um ano antes. A receita subiu 1 por cento, para 22,05 bilhões de dólares.

A carteira de pedidos total somava 440 bilhões de dólares até 30 de junho e permaneceu inalterada ante o início do trimestre, disse a companhia.

Para 2014, a companhia elevou sua projeção de lucro principal para entre 7,90 e 8,10 dólares por ação, ante previsão anterior de entre 7,15 e 7,35 dólar por papel.