GM faz anuncia seis recalls envolvendo 717.950 veículos nos EUA

quarta-feira, 23 de julho de 2014 18:24 BRT
 

DETROIT, Estados Unidos (Reuters) - A General Motors anunciou nesta quarta-feira seis recalls cobrindo 717.950 veículos nos Estados Unidos, por razões variadas, embora nenhuma deles por problemas envolvendo chaves de ignição.

Neste ano, a GM fez o recall de quase 15 milhões de veículos em todo o mundo por questões potencialmente letais relacionadas às chaves de ignição.

O maior recall anunciado nesta quarta-feira envolve problema em um parafuso que pode se soltar nos assentos dianteiros ajustáveis instalados em vários modelos de carros dos anos-modelos 2010 a 2012.

Os veículos envolvidos nos recalls anunciados nesta quarta-feira foram associados a dois acidentes e três feridos, mas nenhuma morte, disse a GM.

A maioria dos recalls da GM neste ano envolveu modelos mais antigos, mas muitas das convocações anunciados nesta quarta-feira envolvem modelos atuais, incluindo cerca de 57.000 sedãs Chevrolet Impala ano 2014, por falha na direção hidráulica.

Os recalls mais recentes envolveram os veículos mais vendidos da GM, Chevrolet Silverado e a picape GMC Sierra, anos 2014-2015. Eles estão entre os cerca de 124 mil veículos em oito linhas de modelos que foram chamados para reparo porque uma solda nos suportes dos assentos pode não ter sido feita corretamente. A GM disse que espera que 1 por cento das soldas não tenham sido concluídas corretamente.

Entre os veículos envolvidos nos mais recentes recalls também estão três modelos de Cadillac ano 2014, crossovers Chevrolet Equinox e GMC Terrain 2010-2012, sedãs Buick Regal e LaCrosse 2011-2012, crossover Cadillac SRX 2012 e esportivos Chevrolet Camaro 2011-2012.

A GM não informou quantos veículos serão incluídos nos seis recalls fora dos Estados Unidos.

A montadora convocou para reparo 29 milhões de veículos no mundo neste ano, dos quais cerca de 25,7 milhões nos Estados Unidos.