Setor privado da zona do euro tem maior expansão em 3 meses em julho, mostra PMI

quinta-feira, 24 de julho de 2014 07:52 BRT
 

Por Sumanta Dey

(Reuters) - O setor privado da zona do euro expandiu no ritmo mais rápido em três meses em julho, embora o crescimento mais rápido de novos pedidos tenha sido provocado principalmente pela redução de preços novamente, mostrou nesta quinta-feira a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) preliminar.

O PMI Composto preliminar do Markit, com base em pesquisas junto a milhares de empresas na região e um bom indicador do crescimento geral, avançou para 54,0 em julho ante 52,8, nível mais alto desde abril. Qualquer número acima de 50 indica expansão.

O setor de serviços nos 18 membros do bloco teve desempenho melhor do que qualquer dos 39 economistas consultados pela Reuters esperavam, enquanto a indústria também teve um mês mais forte do que sugeria a mediana das expectativas.

Segundo o Markit, os dados sugerem crescimento econômico trimestral de 0,4 por cento se um ritmo similar for mantido em agosto e setembro.

"Existe uma expansão bastante encorajadora no setor de serviços, com a Alemanha crescendo no ritmo mais rápido em três anos e até mesmo as empresas francesas retornando a um crescimento modesto", disse o economista-chefe do Markit, Chris Williamson.

O setor de serviços da zona do euro expandiu no ritmo mais forte desde maio de 2011 com o PMI subindo a 54,4, mas as empresas reduziram os preços pelo 31º mês seguido. Já o PMI de indústria avançou ligeiramente a 51,9 ante 51,8 em junho.

(Por Sumanta Dey)