Argentina diz que não manteve contatos nos bastidores com fundos sobre dívida

quinta-feira, 24 de julho de 2014 09:27 BRT
 

BUENOS AIRES (Reuters) - O governo argentino disse nesta quinta-feira que não manteve negociações extrajudiciais com os fundos detentores de dívida que obtiveram sentenças favoráveis para serem pagos pelo calote de 2002 e que deixaram o pais à beira de um novo default.

"Não houve nenhuma negociação fora do quadro (jurídico) pois isso não condiz com o princípio da boa-fé", disse a jornalistas o chefe do Gabinete, Jorge Capitanich.

Representantes da Argentina vão se reunir nesta quinta-feira em Nova York com o mediador designado pelo juiz Thomas Griesa para buscar um acordo com os detentores de títulos que não participaram da reestruturação da dívida, líderados pelo fundo de hedge NML Capital.