Eli Lilly tem lucro acima do esperado no 2o tri por controle de custos

quinta-feira, 24 de julho de 2014 10:28 BRT
 

(Reuters) - A receita trimestral da Eli Lilly despencou devido à concorrência de genéricos para o remédio para depressão Cymbalta e para o tratamento de osteoporose Evista, mas o lucro ficou acima das expectativas, ajudado por controles de custos.

A farmacêutica norte-americana disse nesta quinta-feira que lucrou 734 milhões de dólares, ou 0,68 dólar por ação, no segundo trimestre, ante 1,21 bilhão de dólares, ou 1,11 dólar por papel, um ano antes, quando assumiu encargos pelo fechamento de um centro de distribuição e outros custos.

Analistas, em média, esperavam um lucro de 0,65 dólar por ação, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

Embora a receita tenha caído 17 por cento, para 4,94 bilhões de dólares, ela ficou ligeiramente acima das expectativas de Wall Street de 4,9 bilhões de dólares.

A farmacêutica afirmou que ainda espera lucro de 2,72 a 2,80 dólares por ação neste ano, excluindo itens especiais.

As vendas do Cymbalta, que perdeu a proteção de patente nos Estados Unidos em dezembro, caíram 73 por cento, para 401 milhões de dólares. O Evista, que começou a enfrentar genéricos mais baratos em março, teve uma queda de vendas de 61 por cento, para 108 milhões de dólares.

(Por Ransdell Pierson)