Wall Street fecha estável, com resultados corporativos mistos

quinta-feira, 24 de julho de 2014 18:40 BRT
 

Por Ryan Vlastelica

NOVA YORK (Reuters) - Os principais índices acionários dos Estados Unidos fecharam perto da estabilidade nesta quinta-feira, diante de resultados corporativos que mostraram um cenário sem tendência definida para a economia do país. Ainda assim, a modesta variação positiva do S&P 500 foi suficiente para o índice renovar recorde histórico.

O índice Dow Jones teve oscilação negativa de 0,02 por cento, a 17.083,80 pontos. O S&P 500 apurou valorização de 0,05 por cento, a 1.987,98 pontos, com recorde intradia de 1.991,39 pontos. O Nasdaq encerrou com leve recuo de 0,04 por cento, a 4.472,11 pontos.

Os dados econômicos mais recentes trouxeram os investidores de volta. O número de pedidos de auxílio-desemprego nos EUA caiu para 284 mil considerando o ajuste sazonal, a mínima desde meados de fevereiro de 2006. Enquanto isso, as vendas de moradias novas caíram 8,1 por cento em junho, a maior queda em quase um ano. O índice do setor imobiliário PHLX caiu 2,7 por cento, marcando a maior queda diária desde fevereiro.

Os ganhos recentes em Wall Street foram impulsionados por fortes resultados trimestrais.

Com 41 por cento das companhias do S&P 500 já tendo divulgado balanços até o momento, 68 por cento publicaram resultados que ficaram acima das expectativas, de acordo com dados da Thomson Reuters, acima da média de longo prazo de 63 por cento. Do lado da receita, 62,1 por cento das empresas superaram as estimativas, comparado a uma média histórica de 61 por cento.

A ação do Facebook subiu 5.2 por cento, para 74,98 dólares, e bateu um recorde no meio dos negócios de 76,74 dólares, um dia depois que a maior rede social do mundo divulgou lucro e receita acima das expectativas.

A fabricante de equipamentos pesados Caterpillar aumentou sua previsão de desempenho para o fechado do ano, mas registrou um declínio nas vendas, o que fez suas ações caírem 3,1 por cento.