Ações do britânico RBS disparam após lucro surpreendente no 2º tri

sexta-feira, 25 de julho de 2014 07:31 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O Royal Bank of Scotland divulgou lucro antes de impostos de 1 bilhão de libras (1,7 bilhão de dólares) no segundo trimestre graças a uma reversão de perdas com empréstimos duvidosos, o que levou o banco divulgar seu resultado trimestral uma semana antes.

Os números superaram largamente as expectativas de analistas para o banco, que tem uma fatia de 81 por cento de suas ações em posse do governo britânico após ter sido resgatado durante a crise financeira de 2008/2009.

O resultado levantou as ações do RBS em 14 por cento, a caminho de seu maior ganho diário desde abril de 2009, e elevou as chances de que contribuintes recuperem o que investiram - embora, talvez, não antes de alguns anos, uma vez que o preço ainda está 25 por cento abaixo do que o governo pagou.

O RBS disse que o lucro ocorreu principalmente por conta de uma retomada econômica que permitiu a anulação de perdas que haviam sido contabilizadas por conta de empréstimos duvidosos, liberando 93 milhões de libras líquidas para o banco.

Isso se compara a perdas de 1,1 bilhão de libras no segundo trimestre do ano passado e a expectativas de analistas de que a instituição financeira fosse ter perdas contábeis de cerca de 500 milhões de libras.

O banco teve lucro operacional de 1,3 bilhão de libras no segundo trimestre, avanço em relação à cifra de 174 milhões de libras de um ano antes. Seu lucro de 1,01 bilhão de libras antes de impostos se compara a expectativas de uma ligeira perda, com base em previsões de analistas compiladas pela instituição.

(Por Steve Slater)