Air France-KLM revela novo plano para conter rivais de baixo custo

sexta-feira, 25 de julho de 2014 07:45 BRT
 

PARIS (Reuters) - A Air France-KLM registrou um forte aumento no lucro do segundo trimestre e anunciou um novo plano de 2015 a 2020 nesta sexta-feira para recuperar participação de mercado de rivais de baixo custo na Europa, o que ajudava a impulsionar suas ações na bolsa.

A segunda maior companhia aérea da Europa em receita se juntou à sua maior rival, a Lufthansa, na tentativa de reconquistar negócios de empresas líderes em baixo custo como a easyJet e disse que está preparada para usar aquisições para atingir seu objetivo.

A Air France-KLM tem reduzido custos e dívida como parte de seu plano "Transform 2015", que deve terminar em poucos meses.

O novo plano, batizado de "Perform 2020", irá se concentrar na manutenção da sua posição nos mercados de longa distância, ao mesmo tempo em que buscará atingir crescimento nos mercados de curta distância. Os detalhes serão anunciados em setembro.

"A consolidação do setor de baixo custo está em curso e nós queremos participar", disse o presidente-executivo Alexandre de Juniac.

As ações da Air France-KLM, que caíram no início deste mês para uma mínima de cinco meses de 8,20 euros, subiam 4,86 por cento às 7h18 (horário de Brasília), a 9,04 euros.

A Air France-KLM teve lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) de 641 milhões de euros (862,2 milhões de dólares) no segundo trimestre, avanço ante os 510 milhões de euros registrado um ano antes.

Sua margem operacional bruta aumentou para 9,9 por cento, ante 7,8 por cento, sobre vendas que subiram 1,7 por cento em uma base comparável, a 6,451 bilhões de euros.

(Por Cyril Altmeyer e Tim Hepher)