Citi contratará 100 executivos na Ásia com foco em produtos para clientes menores

terça-feira, 29 de julho de 2014 09:11 BRT
 

HONG KONG (Reuters) - O Citigroup planeja contratar até 100 funcionários do setor bancário em uma investida renovada nas atividades de banco comercial na região da Ásia-Pacífico, seguindo os passos do rival HSBC com uma estratégia focada em vender uma gama maior de produtos para clientes corporativos menores.

Bancos globais como o Citi e o HSBC estão agora se concentrando em clientes de pequeno a médio porte, devido a um número decrescente de ofertas públicas iniciais de ações (IPOs, na sigla em inglês) de mais de 10 bilhões de dólares de companhias estatais chinesas -- negócios que haviam sustentado bancos de investimento na região durante a última década.

O aumento no quadro de funcionários, que representa um crescimento de 10 por cento para a unidade de banco comercial do Citi na Ásia-Pacífico, visa oferecer a empresas com vendas anuais entre 10 milhões de dólares e 500 milhões de dólares serviços adicionais como operações de câmbio e administração de caixa.

"Não se trata de adicionar centenas de novos clientes na região, mas de ganhar maior fatia na carteira de clientes de bancos comerciais que têm negócios transfronteiriços, fornecendo a eles mais produtos de empréstimos, câmbio, caixa e comércio", disse o chefe do banco comercial do Citi na Ásia-Pacífico, Ashish Bajaj, em entrevista.

A receita de bancos com empresas de pequeno a médio porte em mercados emergentes deve crescer a uma taxa de 20 por cento ao ano e pode alcançar mais de 350 bilhões de dólares até 2015, subindo ante 150 bilhões de dólares em 2010, de acordo com uma pesquisa da McKinsey & Company.

(Por Lawrence White)