Aneel confirma que vai adiar para agosto a liquidação do mercado de energia de maio

terça-feira, 29 de julho de 2014 09:18 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Romeu Rufino, confirmou nesta terça-feira que será adiada para agosto a liquidação das operações do mercado de curto prazo de energia de maio, conforme antecipou na semana passada uma fonte à Reuters.

A liquidação estava prevista para o dia 31 de julho. Segundo Romeu, a nova data deverá ficar mais para o fim do próximo mês, mas o montante pode ser liquidado antes, assim que saírem os recursos do empréstimo que estão sendo negociados para ajudar a cobrir os gastos das distribuidoras com a compra de energia no mercado de curto prazo.

A decisão sobre o novo adiamento será tomada na reunião de diretoria na manhã desta terça-feira.

Com o novo prazo, o governo ganha mais tempo para negociar com um prol de bancos, incluindo o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), um empréstimo de cerca de 6,5 bilhões de reais para cobrir os custos adicionais das distribuidoras até o fim do ano.

(Por Leonardo Goy; Edição de Marcela Ayres)