Credores de dívida em euro da Argentina pedem que juiz dos EUA suspenda decisão

terça-feira, 29 de julho de 2014 17:14 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - Detentores da dívida denominada em euro da Argentina pediram nesta terça-feira que o juiz norte-americano Thomas Griesa emita uma suspensão de último minuto de sua decisão que ameaça levar o país sul-americano ao default, mostrou um documento judicial.

"Um default desmontaria muito do trabalho que esse Tribunal realizou nos últimos dez anos e estenderia o litígio aqui e em todo o mundo por anos", disseram os credores em memorando justificando o pedido.

Os detentores da dívida em euro disseram estar em contato com outros credores que, como eles, estariam dispostos a descartar a cláusula "RUFO". Essa cláusula proíbe que a Argentina firme acordo com os investidores que não participaram da reestruturação de sua dívida soberana com termos melhores do que aqueles aceitos pelo detentores da dívida renegociada.

"Obter a renúncia da cláusula RUFO, no entanto, vai exigir tempo", escreveram os credores. "Esse Tribunal pode facilitar um acordo --e evitar possível default-- emitindo uma suspensão temporária", acrescentara.

(Reportagem de Jonathan Stempel)