Lucro da Souza Cruz recua 10% no 2o tri, a R$393 mi

terça-feira, 29 de julho de 2014 19:44 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A fabricante de cigarros Souza cruz teve lucro líquido de 392,9 milhões de reais no segundo trimestre, queda de 9,8 por cento na comparação anual, disse a empresa nesta terça-feira.

A receita líquida caiu 4,9 por cento na mesma base de comparação e encerrou junho em cerca de 1,48 bilhão de reais. O recuo foi pressionado pela diminuição de 30,7 por cento na receita líquida de tabaco para exportação, disse a empresa.

"A expectativa é de que haja desaceleração na queda de volume de tabaco exportado no segundo semestre de 2014 quando comparado com o primeiro semestre de 2014", acrescentou a Souza Cruz.

Segundo a companhia, a queda no volume exportado ocorreu diante de alteração no plano de embarque da British American Tobacco, que tinha alertado anteriormente que iria acelerar volumes em 2013.

"Apesar da diferença temporária que impactou o embarque de tabaco esse ano, o volume comprometido de compra da safra de 2014 pelo grupo BAT é maior do que o ano anterior", afirmou a Souza Cruz no balanço. A empresa acrescentou que fechamentos temporários dos principais portos no sul do Brasil (Itajaí/Navegantes) em junho também impactaram as vendas externas.

O Ebitda (sigla em inglês para lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) foi de 637,3 milhões de reais, queda de 6,9 por cento sobre 2013.

A empresa afirmou que a marca "premium" de cigarros Dunhill teve alta anual 1,2 ponto percentual em sua fatia de mercado, para 11,6 por cento em junho. Lucky Strike manteve-se estável, com 1,3 por cento, Free recuou 0,2 ponto, para 14,1 por cento. Já a Hollywood teve queda de 0,5 ponto, para 12,6 por cento.

(Por Juliana Schincariol)